Escola Koru

O que é desenvolvimento de software

Desenvolvimento de software pode parecer um mistério indecifrável para alguns, mas a verdade é que não precisa ser um bicho de sete cabeças. 

Na verdade, é um processo fascinante e essencial para o mundo moderno. 

Vou te guiar por cada etapa, desde o planejamento até a manutenção, revelando a importância e o impacto dessa profissão no mercado de trabalho

Prepare-se para desvendar os segredos por trás do desenvolvimento de software nesta jornada que estamos prestes a embarcar. Fique com a gente e descubra como a magia acontece nos bastidores da tecnologia!

O que é desenvolvimento de software?

O desenvolvimento de software é o processo de criação e implementação de sistemas de software. Ele envolve a criação de programas de computador, aplicativos e websites.

Esta atividade pode ser realizada por uma equipe de desenvolvedores de software ou por um único desenvolvedor. As linguagens de programação mais utilizadas para o desenvolvimento de software são Java, C++, Python, JavaScript, PHP e etc.

Algo muito importante a frisar é que o desenvolvedor de software é uma das profissões do futuro, de acordo com várias fontes que trabalham com pesquisa de mercado e negócios, como a Forbes, que publicou 11 cargos mais demandados para atuar no ambiente virtual.  

Como funciona o processo de desenvolvimento de software?

Quais são os passos do desenvolvimento de software?

O processo de desenvolvimento de software pode variar dependendo do tamanho ou da complexidade do projeto.

Vamos dar uma olhada nas 6 etapas mais comuns desse processo.

Planejamento 

A etapa de planejamento no desenvolvimento de software é crucial para o sucesso do projeto. Ela define o escopo, os objetivos e as expectativas do software, além de identificar os recursos necessários para sua criação. 

Um planejamento bem feito pode evitar problemas como atrasos, estouros de orçamento e software que não atende às necessidades dos usuários.

  • Definição do problema: O primeiro passo é definir claramente o problema que o software precisa solucionar. Isso inclui entender as necessidades dos usuários, os requisitos de negócios e as restrições do projeto;
  • Definição dos objetivos: Com base na definição do problema, os objetivos do software são definidos. Isso inclui definir as funcionalidades que o software deve ter e os resultados que ele deve alcançar;
  • Escopo do projeto: O escopo do projeto define o que será incluído no software e o que não será. É importante definir o escopo de forma clara e realista para evitar problemas durante o desenvolvimento;
  • Cronograma e orçamento: O cronograma define o tempo que levará para desenvolver o software. O orçamento define o custo total do projeto;
  • Alocação de recursos: A equipe de desenvolvimento é formada e os recursos necessários para o projeto são alocados. Isso inclui hardware, software, ferramentas e infraestrutura;
  • Gerenciamento de riscos: Os riscos do projeto são identificados e planos de mitigação são criados.

Exemplos de atividades de planejamento

Alguns exemplos de planejamento de desenvolvimento de software são:

  1. Elaboração de um documento de requisitos: Este documento descreve os requisitos funcionais e não funcionais do software.
  2. Criação de um diagrama de casos de uso: Este diagrama mostra os diferentes tipos de usuários que interagirão com o software e quais funcionalidades eles usarão.
  3. Desenvolvimento de um protótipo: Um protótipo é uma versão simplificada do software que pode ser usada para testar ideias e obter feedback dos usuários.

Confira no vídeo a seguir como processar dados na sua empresa:

Análise

A etapa de análise no desenvolvimento de software é fundamental para compreender as necessidades dos usuários e traduzi-las em requisitos técnicos. 

Ela envolve a coleta e análise de informações sobre o problema a ser solucionado, os usuários, o ambiente de trabalho e as restrições do projeto.

  • Coleta de requisitos: A equipe de desenvolvimento coleta informações sobre as necessidades dos usuários através de entrevistas, questionários, observação e análise de documentos;
  • Análise de requisitos: As informações coletadas são analisadas para identificar os requisitos funcionais e não funcionais do software;
  • Modelagem de dados: A estrutura dos dados que serão utilizados pelo software é definida;
  • Modelagem de processos: Os diferentes processos que o software executará são modelados.
  • Definição da arquitetura do software: A arquitetura do software define a estrutura geral do sistema, incluindo os diferentes componentes e como eles se relacionam entre si.

Você sabia? Diferenças entre Engenharia de Dados & Desenvolvimento de Software

Design 

A etapa de design no desenvolvimento de software é onde a visão abstrata dos requisitos se transforma em uma representação concreta da interface e da estrutura do software. 

Nesta fase, a equipe de design cria as interfaces com as quais os usuários irão interagir, define a layout do software e planeja a interação entre seus componentes.

  • Design da interface do usuário (UI): Nesta fase, a aparência e o comportamento da interface do usuário são definidos. Isso inclui o layout geral, os elementos gráficos, a tipografia e as cores;
  • Design da experiência do usuário (UX): O foco aqui é em como os usuários irão interagir com o software. Isso envolve criar um fluxo de usuário intuitivo e agradável, tornando o software fácil de aprender e usar;
  • Design da arquitetura da informação: A estrutura hierárquica do conteúdo do software é planejada, garantindo que as informações sejam organizadas de forma lógica e fácil de encontrar;
  • Prototipagem: Um protótipo funcional é criado para testar as ideias de design e obter feedback dos usuários;
  • Documentação do design: As decisões de design são documentadas para que possam ser implementadas pelos desenvolvedores.

Exemplos de atividades de design

Para tornar ainda mais claro, algumas atividades do design:

  1. Criação de wireframes: Estas são representações simplificadas da interface do usuário que mostram o layout básico dos elementos.
  2. Desenvolvimento de mockups: Mockups são versões mais detalhadas dos wireframes que incluem cores, imagens e texto.
  3. Usabilidade testing: O protótipo do software é testado com usuários para identificar quaisquer problemas de usabilidade.

Implementação

A etapa de implementação no desenvolvimento de software é onde a visão do design se torna realidade. É nesta fase que os desenvolvedores transformam o design em código, utilizando linguagens de programação e frameworks específicos para dar vida ao software.

Mas afinal, o que acontece na etapa de implementação?

  • Codificação: Os desenvolvedores escrevem o código-fonte do software, utilizando linguagens de programação como Java, Python, C++ e JavaScript;
  • Testes unitários: Cada módulo do software é testado individualmente para garantir que funcione como esperado;
  • Integração: Os diferentes módulos do software são integrados para formar um sistema completo;
  • Testes de integração: O sistema integrado é testado para garantir que os diferentes módulos funcionem juntos de forma correta;
  • Testes de sistema: O software completo é testado para garantir que ele atenda aos requisitos e esteja livre de erros;
  • Depuração: Erros encontrados durante os testes são corrigidos.

Exemplos de atividades de implementação

Alguns exemplos de implementação de desenvolvimento de software:

  1. Escrita de código: Os desenvolvedores escrevem o código-fonte do software usando uma linguagem de programação específica.
  2. Utilização de frameworks: Frameworks de software podem ser usados para agilizar o processo de desenvolvimento e fornecer funcionalidades pré-construídas.
  3. Depuração: O código é depurado para corrigir erros e melhorar o desempenho.
  4. Implantação: Instala e configura o software no ambiente de produção. Envolve instalar em servidores, configurar bancos de dados e integrar com outros sistemas.

Conheça agora: Desenvolvimento de Software em Nuvem e seus benefícios

Implantação 

A etapa de implantação no desenvolvimento de software é a última etapa do ciclo de vida de desenvolvimento. É o momento em que o software deixa o ambiente de desenvolvimento e é colocado em produção, pronto para ser usado pelos usuários finais.

  • Instalação do software: O software é instalado nos servidores de produção ou nos dispositivos dos usuários;
  • Configuração do ambiente: O ambiente de produção é configurado para atender às necessidades do software;
  • Treinamento dos usuários: Os usuários são treinados para usar o software de forma eficaz;
  • Suporte técnico: Suporte técnico é fornecido aos usuários para ajudá-los a resolver problemas que possam surgir;
  • Monitoramento do desempenho: O desempenho do software é monitorado para garantir que ele esteja funcionando corretamente.

O monitoramento é primordial para garantir a qualidade e desempenho do software. Para aprender como realizar um bom monitoramento e demais funções, faça nossa formação em Desenvolvimento de Software Full Stack! Desenvolvida com as práticas mais atuais do mercado, este curso oferece o conhecimento necessário para assumir cargos estratégicos em um ambiente cada vez mais digital.

Com instrutores experientes e uma abordagem prática, você aprenderá desde a modelagem de sistemas até a análise de qualidade, passando pelo desenvolvimento front-end, back-end e uso avançado de dados e computação em nuvem.

Inscreva-se agora e dê o próximo passo rumo ao sucesso profissional!

Exemplos de atividades de implantação

Confira a seguir algumas atividades da etapa de implantação:

  1. Migração de dados: Os dados do sistema antigo são migrados para o novo sistema.
  2. Integração com outros sistemas: O software é integrado com outros sistemas existentes na organização.
  3. Teste de aceitação: O software é testado pelos usuários finais para garantir que atenda às suas necessidades.

No vídeo a seguir, você aprende sobre a segurança da informação na visão jurídica:

Manutenção

A etapa de manutenção no desenvolvimento de software é crucial para garantir a longevidade, confiabilidade e segurança do software

Ela envolve a correção de erros, a implementação de novas funcionalidades e a atualização do software para acompanhar as mudanças tecnológicas.

  • Correção de erros: Erros encontrados no software são corrigidos;
  • Implementação de novas funcionalidades: Novas funcionalidades são adicionadas ao software para atender às novas necessidades dos usuários;
  • Atualização de software: O software é atualizado para acompanhar as mudanças tecnológicas e garantir a segurança;
  • Monitoramento do desempenho: O desempenho do software é monitorado para identificar e corrigir problemas;
  • Gerenciamento de versão: As diferentes versões do software são gerenciadas para garantir que os usuários estejam usando a versão mais recente.

Exemplos de atividades de manutenção

São estas as atividades da manutenção de desenvolvimento de software:

  1. Correção de bugs: Bugs que causam erros no software são corrigidos.
  2. Aprimoramento de desempenho: O desempenho do software é aprimorado para torná-lo mais rápido e eficiente.
  3. Adição de novas funcionalidades: Novas funcionalidades são adicionadas ao software para atender às novas necessidades dos usuários.
  4. Atualização de segurança: O software é atualizado para corrigir vulnerabilidades de segurança.

Invista no desenvolvimento de software e esteja com o pé no futuro

Desenvolvimento de software pode ser o primeiro passo para sua carreira de sucesso. Sabendo disso, a Korú está com turmas abertas para o curso de Desenvolvimento de Software.  

O curso forma desenvolvedores Full Stack que irão dominar as linguagens mais utilizadas no mercado, além do contato com conteúdos de Dados, Segurança da Informação e Cloud entre outros conhecimentos para construir soluções para os mais diversos segmentos digitais. Comece ainda hoje!

 

Post Relacionados

O que é desenvolvimento de software

Desenvolvimento de software pode parecer um mistério indecifrável para alguns, mas a verdade é que não precisa ser um bicho de sete cabeças.  Na verdade,

Leia Mais

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!