Escola Koru

Front-end, Back-end e Full stack: o que são?

Quando falamos em desenvolvimento de software, é comum ouvirmos termos como front-end, back-end e full stack. Essas são áreas específicas da programação que se relacionam com diferentes partes de uma aplicação web. Neste artigo, vamos entender melhor o que cada uma delas significa e como se relacionam.

O que é front-end?

Front-end é a área do desenvolvimento web que se concentra na criação da interface do usuário, ou seja, tudo o que o(a) usuário(a) vê e interage em um site ou aplicativo.

Desenvolvedores(as) front-end

Desenvolvedores(as) front-end são responsáveis ​​por criar o layout, design e interatividade de uma página web, utilizando tecnologias como HTML, CSS e JavaScript. 

Trabalham para garantir que a experiência do usuário seja a melhor possível, tornando uma interface amigável e intuitiva. Além disso, devem estar atentos(as) às questões de acessibilidade, usabilidade e desempenho da aplicação.

O que é back-end?

Back-end é a área do desenvolvimento web que se concentra na parte “não visível” de um site ou aplicativo, ou seja, tudo o que acontece nos bastidores, por trás da interface do usuário.

Desenvolvedores(as) back-end

Desenvolvedores(as) back-end são responsáveis ​​por criar as funcionalidades, a lógica de negócios, o armazenamento de dados, a segurança e o desempenho da aplicação, utilizando linguagens de programação como Python, Ruby, Java, PHP, entre outras. 

Trabalham para garantir que a aplicação funcione corretamente e de forma eficiente, além de garantir a segurança das informações que são manipuladas pela aplicação.

O que é full stack?

Full stack é uma área do desenvolvimento web que se concentra em desenvolver tanto a parte visual quanto a parte lógica de um site ou aplicativo.

Desenvolvedores(as) full stack

Desenvolvedores(as) full stack criam interfaces de usuário amigáveis ​​e funcionais, bem como constroem a infraestrutura necessária para suportar essas interfaces. 

Devem ser capazes de entender como as diferentes camadas de uma aplicação web se relacionam entre si e como podem ser integradas para criar uma aplicação completa. Ter versatilidade e serem capazes de trabalhar em todas as etapas do desenvolvimento web.

[Clique aqui e saiba como se tornar um(a) desenvolvedor(a) Full Stak)

Conclusão

A conclusão a que podemos chegar é que, embora front-end, back-end e full stack sejam áreas distintas do desenvolvimento web, elas estão intimamente relacionadas e trabalham em conjunto para criar uma aplicação web completa e funcional. 

Desenvolvedores(as) front-end são responsáveis ​​por criar a interface do usuário, enquanto desenvolvedores(as) back-end criam a lógica de negócios e infraestrutura de suporte. E desenvolvedores(as) full stack, por sua vez, são capazes de trabalhar em todas as áreas do desenvolvimento web, desde a criação da interface do usuário até a construção da infraestrutura necessária para suportá-la. 

Cada área tem suas próprias habilidades e tecnologias específicas, mas em conjunto, elas trabalham para garantir que uma aplicação web seja eficiente, segura e amigável ao usuário.

As tendências do mercado estão na Korú

O desenvolvimento web é uma área muito ampla e complexa, e cada uma das áreas requer habilidades e conhecimentos específicos. Para quem está iniciando na área, é indispensável ter uma compreensão básica de cada uma delas, pois isso pode ajudar na escolha da área de atuação.

A Korú acredita que, independentemente da área escolhida, é importante estar sempre atualizado com as tendências do mercado e com as novas tecnologias que surgem a cada dia. Afinal, a tecnologia evolui constantemente e os(as) profissionais que se mantêm atualizados têm mais chances de se destacar no mercado de trabalho.

Os cursos na área de tecnologia, oferecidos pela Korú foram pensados neste sentido, para você, para a sociedade e para o futuro, sem barreiras à educação e com oportunidades iguais. No curso de Desenvolvimento de Software Full Stack você aprende sobre essas três áreas do desenvolvimento web e muito mais. 

[Clique aqui e conheça o curso]

A demanda por profissionais desenvolvedores de software está altíssima, por isso, os programadores que continuam investindo em sua formação, conseguem se destacar no mercado de trabalho. Entre em contato com nossos especialistas e saiba mais.

Post Relacionados

O que é desenvolvimento de software

Desenvolvimento de software pode parecer um mistério indecifrável para alguns, mas a verdade é que não precisa ser um bicho de sete cabeças.  Na verdade,

Leia Mais

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!