Escola Koru

Como criar uma estratégia de conteúdo eficaz para fortalecer a presença digital

Se antigamente o marketing era uma via de mão única em que somente as marcas com maior condição financeira expunham os seus produtos da forma como desejavam e o público consumia esse conteúdo de forma passiva, já faz um bom tempo que não é assim que funciona.

Se levarmos em consideração que hoje, além do acesso facilitado às pesquisas, redes sociais, reviews, processos, opções, enfim, um excesso de conteúdos, fica fácil perceber que as marcas que querem atrair a atenção do público pelas razões certas precisam se esforçar com estratégia.

Mas como fazer isso?

Como conquistar a atenção e confiança do público de forma espontânea, visando à construção de um relacionamento com a nossa marca? 

Uma boa resposta é: investir em uma estratégia de conteúdo eficaz.

E por que criar uma estratégia de conteúdo eficaz? Porque, através dela, será possível para a sua marca:

  • Maior visibilidade e alcance, uma vez que será encontrada por mais pessoas nos mecanismos de busca.
  • Maior engajamento, já que sendo relevantes e bem feitos os seus conteúdos, terão grande potencial de disseminação por vários meios.
  • Construção de autoridade e reciprocidade, tendo em vista que os seus conteúdos serão encontrados por pessoas que estão buscando sanar aquelas dúvidas ou entender melhor aquele assuntos, logo, se a sua marca consegue efetivamente esclarecer esses pontos, ela será memorizada com gratidão e como referência.
  • Atração do público certo, já que só chegarão até a sua empresa pessoas que estão com as dores que você resolve ou ao menos estão buscando mais informações sobre assuntos correlatos.
  • Maior conversão, tendo em vista que você atrairá um público qualificado para os seus canais que, uma vez já interessado no assunto dos seus conteúdos, desenvolverá uma relação de confiança e interesse pela sua marca.
  • Maior fidelização, tendo em vista que a estratégia de conteúdo cria uma relação consistente, mais profunda e humanizada entre a marca e o público.
  • Possibilidade de insights, já que, executando a estratégia, você poderá entender quem é o seu público, suas necessidades, seu nível de satisfação com a concorrência e tendências através dos dados analisados.

E muito mais…

Como posso, então, investir em uma estratégia de conteúdo eficaz? Por onde começo?

Abaixo, compartilho 4 passos para que você possa começar a investir em uma estratégia de conteúdo que fortaleça a sua presença digital:

  • Defina os seus objetivos

Definir o que você quer alcançar com a sua estratégia de conteúdo fará com que economize recursos, direcione o time, priorize conteúdos mais estratégicos, distribua-os nos canais e momentos corretos e estabeleça métricas de sucesso para monitorar.

Afinal, se não sabemos o que queremos, por que investirmos em uma estratégia?

Sendo assim, entenda, antes de qualquer coisa, o que você almeja conquistar com uma estratégia de conteúdo: aumento de vendas, maior fidelização, tornar a sua marca conhecida diante de determinado público, melhorar o engajamento das suas redes são só algumas dentre enormes possibilidades.

  • Entenda quem é o seu público

Por mais básico que isso possa parecer, é um passo crucial para separar uma estratégia de uma mera produção de conteúdo.

Se você não sabe quem é o seu público, está produzindo conteúdo por produzir. E esse conteúdo pode até ter alguma relação com o seu produto, serviço ou marca, mas dificilmente te trará algum resultado ou insight.

No fim das contas, a estratégia de conteúdo visa converter o seu público a uma determinada ação e, para que isso aconteça, é preciso entender quem é esse público e quais os seus anseios, necessidades, dúvidas, comportamentos e insatisfações com relação à concorrência.

E por que isso? Porque, ao entender quem são essas pessoas e o que chama a atenção delas, você conseguirá personalizar e direcionar os seus conteúdos para elas. Por exemplo: ao entender quais as suas principais dúvidas, a sua marca pode, estrategicamente, saná-las; ou, ao entender qual a maior insatisfação desse público com relação aos concorrentes, você também pode produzir conteúdos que demonstrem como é possível fazer diferente.

Assim, você consegue pensar em assuntos que sejam relevantes, com maior potencial de engajamento, direcioná-los às pessoas corretas e, ainda, distribuí-lo no melhor momento da jornada desses potenciais clientes.

  • Mapeie a jornada do seu cliente

Tão importante como saber quem é o seu cliente, seus comportamentos, anseios e resistências, é entender como ele se comporta em cada um dos momentos da relação com a sua marca.

E qual a importância disso? A importância disso é conseguir direcionar os melhores assuntos nos momentos certos, tendo em vista que um mesmo público pode se comportar de forma muito diferente em cada ponto de contato com uma marca. 

Por exemplo, pode ser que um determinado público seja extremamente resistente na fase de descoberta, e, assim, a sua marca terá que pensar em conteúdos direcionados a minimizar essa resistência, passando confiança.

Em outras palavras, se um público é resistente com relação à compra daquele determinado produto, não adianta só produzir conteúdos de publicidade do produto em uma fase de descoberta.

Assim, é importante visualizar que os momentos demandam diferentes estratégias, e entender como a sua marca pode se relacionar de forma significativa, produzindo conteúdos, em cada momento.

Informando na descoberta, dando os detalhes e conveniência que o público espera na venda e um suporte estratégico no pós-venda, por exemplo.

  • Otimize o seu conteúdo para SEO

É importantíssimo entender o seu objetivo, público, momento da jornada e, claro, produzir conteúdos que sejam relevantes e de qualidade. Mas, se queremos atingir um número ainda maior de pessoas de forma estratégica, a otimização SEO precisa fazer parte dos nossos passos.

Pesquisas palavras-chave estratégicas que estejam em alta no nosso nicho para incluí-las ao longo dos nossos conteúdos, títulos e descrições, por exemplo, é um exemplo de como podemos otimizar um bom conteúdo para SEO.

Criar URLs curtas e amigáveis, inserir links para outros conteúdos da marca e estimular o compartilhamento desses conteúdos são outras formas de otimização.

Quando otimizamos os nossos conteúdos para SEO, a nossa marca é mais facilmente encontrada através dos mecanismos de busca, e de forma orgânica, o que implica em uma maior visibilidade e ganho de reputação para a marca. 

E, para além disso, quando fazemos esse investimento, também melhoramos substancialmente a experiência dos usuários, que vão encontrar páginas intuitivas, didáticas e com carregamento rápido. Algo que se reverbera por muitos outros meios.

A criação de conteúdo é um grande diferencial competitivo em tempos de alta concorrência digital e, portanto, deve ser vista como uma estratégia da empresa e não como uma mera produção.

Então, os nossos primeiros passos devem ser em torno de definir os nossos objetivos com ela (criando parâmetros para isso); entender o público, as suas nuances e comportamentos em cada momento da jornada; e entender como é possível, organicamente, otimizar esse conteúdo, de modo que, quando ele for impulsionado (se houver necessidade), ele possa performar muito melhor.

E você, já aplica esses passos básicos na produção dos conteúdos da sua marca ou produz os seus conteúdos com aquilo que vem à mente?

Post Relacionados

O que é desenvolvimento de software

Desenvolvimento de software pode parecer um mistério indecifrável para alguns, mas a verdade é que não precisa ser um bicho de sete cabeças.  Na verdade,

Leia Mais

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!