Escola Koru

As Principais Tendências em UI e UX para Aplicativos Móveis

Você já parou para pensar como os aplicativos móveis se tornaram tão populares e que hoje em dia são indispensáveis em nossas vidas?

A resposta está nos detalhes que designers, desenvolvedores e todo um time de produto (além dos agregados) idealizam a cada nova atualização visando à experiência do usuário e ao design. Mas temos que concordar que os aplicativos estão cada vez mais diferentes do que eram originalmente e isso se deve às adaptações das necessidades identificadas ano após ano.

Pois então, vamos explorar as principais tendências de 2023 em UI (User Interface) e UX (User Experience) para apps, e como elas estão moldando o futuro do design digital. 

Minimalismo: Menos é mais!

Uma das tendências mais fortes atualmente é o minimalismo. O objetivo é simplificar a interface, removendo elementos desnecessários e criando uma experiência limpa e elegante. Ao adotar o minimalismo, o time de produtos pode destacar os elementos essenciais do aplicativo, facilitando a compreensão e a interação do usuário.

O uso de espaços em branco, tipografia simples e cores sólidas são características desse estilo. Um exemplo de aplicativo que utiliza o minimalismo de forma brilhante é o Google Keep, com sua interface objetiva e foco na organização. 

Login sem senha: Usando a memória para outros problemas

O login sem senha reduz o incômodo e ajuda na retenção de clientes.

Agora você pode oferecer aos seus usuários finais uma experiência impactante, fluída e sem complicações por meio dessa funcionalidade que vem sendo cada vez mais utilizada.

Isso torna o login seguro e conveniente por meio da autenticação biométrica ou pela autenticação do número de telefone que é individual e interpessoal, reduzindo os riscos de ataques cibernéticos e violações.

A dominância dos Chatbots: Aumentando o Engajamento do Cliente

A introdução dos chatbots causou um impacto significativo em todas as indústrias e, felizmente, essa mudança tem sido majoritariamente positiva.

Com algoritmos de aprendizado de máquina e o avanço das inteligências artificiais, os chatbots conseguem avançar cada dia mais em compreender a intenção do usuário e apresentar as informações exatas e relevantes que eles procuram.

Desde o suporte ao cliente até os serviços de vendas e marketing, os chatbots podem abranger eficientemente várias áreas do cenário empresarial. Eles são verdadeiros agentes de mudança e são extremamente convenientes, podendo ser integrados em qualquer configuração ou canal.

Enfim, os chatbots ajudam a economizar tempo para outras operações cruciais que requerem inovação, foque seu esforço nelas!

Dark mode: O poder do modo escuro

O modo escuro tem se tornado cada vez mais popular nos aplicativos móveis. Além de oferecer uma estética moderna e elegante, o dark mode também traz benefícios práticos, como a redução do cansaço visual e o consumo de energia em dispositivos com telas OLED.

Personalização: Uma experiência única para cada usuário

A personalização é uma tendência que busca criar uma experiência única para cada usuário. Os aplicativos estão investindo em recursos que permitem a personalização da interface, como temas, layouts e preferências de exibição.

Por exemplo, o Spotify permite que os usuários criem suas próprias playlists e recomenda músicas com base nos gostos individuais.

Essa abordagem cria um senso de pertencimento e torna a experiência mais relevante e agradável para cada usuário. 

Design inclusivo: Acessibilidade para todos

A inclusão e a acessibilidade são cada vez mais valorizadas no design de aplicativos móveis. Os times de produtos estão se esforçando para criar interfaces que sejam acessíveis a pessoas com deficiências visuais, auditivas, intelectuais, psicossociais ou múltiplas.

Isso envolve o uso de cores contrastantes, fontes legíveis, botões grandes e recursos de acessibilidade, como leitores de tela e comandos de voz.

Um exemplo de aplicativo que se destaca pela acessibilidade é o Be My Eyes, que conecta pessoas cegas ou com visão limitada a voluntários que podem ajudá-las por meio de chamadas de vídeo. 

Integração de tecnologias emergentes: AR, VR e assistentes de voz

As tecnologias emergentes, como a Realidade Aumentada (AR) e a Realidade Virtual (VR), estão sendo cada vez mais integradas aos aplicativos móveis. Elas permitem experiências imersivas e interações inovadoras com o ambiente virtual.

Além disso, os assistentes de voz, como a Siri e a Alexa, estão se tornando comuns nos aplicativos, proporcionando uma interface de usuário por voz (VUI) e tornando a interação mais natural, intuitiva e prática. 

Portanto, se o próximo passo da sua empresa for desenvolver um aplicativo móvel ou atualizar o aplicativo existente, é essencial estar atento a essas tendências e procurar oferecer a melhor experiência possível para os usuários.

Perceba como essas características fazem a diferença e tornam um aplicativo memorável. Lembre-se: o design de UI e UX não é apenas sobre estética, mas principalmente sobre funcionalidade e satisfação do usuário.

Post Relacionados

O que é desenvolvimento de software

Desenvolvimento de software pode parecer um mistério indecifrável para alguns, mas a verdade é que não precisa ser um bicho de sete cabeças.  Na verdade,

Leia Mais

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!

Estamos quase lá!